| Alto Atacama, Chile

(Foto: Divulgação)

Parece estranho falarmos de deserto e de natureza, mas no hotel Alto Atacama o paisagismo é levado a sério e sim, é possível se encantar com as belezas da flora local. Por lá 90% das plantas usadas no hotel Alto Atacama são nativas e a responsável por criar esse conceito de Jardim Andino é Verônica Poblete.

Botânica e paisagista ela levou anos para planejar e finalmente construir o jardim do hotel a partir de uma técnica denominada Andeanscape, que só surgiu depois de 20 anos de estudos focados no território andino chileno. “Entrei em contato com as culturas pré-colombianas locais para entender como os primeiros habitantes humanos dessa região lidavam com a terra há dez mil anos antes de Cristo.

Além disso compreendi que cada forma de vida capaz de sobreviver numa condição de deserto – com extrema variação de temperaturas e salinidade no solo – possui características anatômicas impressionantes e me especializei completamente nisso”, explica Verônica. Os visitantes do Alto Atacama se surpreendem ao encontrar uma floresta andina composta por árvores nativas, arbustos locais, forragem típica das pradarias e espécies comestíveis na horta composta por espécies nativas pré e pós hispânicas. “Os jardins do Alto Atacama são completamente orgânicos e as técnicas de cuidado são 100% nativas, já que aprendi com tutores andinos e agricultores locais”, finaliza a especialista.

| The Temple House, China

(Foto: Divulgação)

Que tal misturar natureza com design? Inaugurado em julho de 2015, o mais novo hotel da linha The House Collective foi criado pelo escritório londrino Made Architects e faz parte do projeto de conservação do governo de Chengdu para preservar os patrimônios no entorno do Templo Daci, com mais de mil anos.
A fachada tridimensional combina design moderno com elementos arquitetônicos tradicionais da cidade, como madeira, tijolo e pedra. Árvores de bambu elegantemente enquadram a entrada do hotel, situado em edifício restaurado de cem anos, construí do na Dinastia Qing.

| Sol y Luna, Peru

(Foto: Divulgação)

Rodeado pela majestosa Cordilheira dos Andes, o hotel Sol y Luna está localizado num verdadeiro paraíso natural. Em meio ao Vale Sagrado dos Incas, local conhecido por ter uma energia incrível, a paisagem que rodeia o hotel é vasta.
Os hóspedes podem encontrar desde terraços agrários exuberantes, ruínas pré-colombianas até jardins repletos de flora nativa do Vale Sagrado.

| L’Albereta, Itália

(Foto: Divulgação)

Para os mais românticos, nada melhor do que os jardins italianos. Cercado por castelos, torres e vilas nobres, o hotel L’Albereta é um Relais & Châteaux localizado na região de Franciacorta (onde é produzido o famoso espumante italiano).
Além da gastronomia destacada que costuma atrair hóspedes de todas as partes do mundo, o local ainda reserva outro tesouro: um SPA médico com tratamentos assinados por Henri Chenot, um dos pioneiros a pesquisar o detox no mundo.
* Com informações da TL Portfolio

Sobre o autor

Somos três amigos que compartilham o sonho de conhecer os quatro cantos do mundo. Da vontade de explorar diferentes lugares e da busca constante por novas experiências, surgiu o RoadTrio: um site que reúne informações, dicas e notícias do que não se pode perder por aí e é essencial para qualquer viajante.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.