Os navios de cruzeiros são os próximos a entrar na tendência global de megaconstruções.

Nessa segunda-feira, dia 22, a MSC deu início à primeira etapa de construção da sua série de cruzeiros gigantes batizada de Seaside.

A novidade das novas embarcações, que têm capacidade para mais de 5.000 pessoas, é que os passageiros sentirão um contato maior com o mar e o horizonte. Isso porque a empresa diminuiu para menos de 20 metros a distância entre áreas externas, como deques e restaurantes, e a linha d’água. Atualmente, nos navios em operação, essa distância é de cerca de 40 metros.

Apesar de só navegarem em 2017, os interessados em viajar nos cruzeiros Seaside já podem reservar pacotes a partir de novembro desse ano.

Outras empresas também anunciaram novidades para as próximas temporadas. O Harmony of the Seas, da Royal Caribbean, entrou em fase de acabamento e deve fazer sua viagem inaugural em maio do ano que vem. Já a italiana Costa Cruzeiros fechou contrato para a construção de quatro meganavios movidos a gás natural, com capacidade para até 6.600 hóspedes cada um.

Cinema 4D do MSC Fantasia. Depois das inovações nas áreas internas, empresas apostam na parte externas. (Foto: MSC Crociere)

Cinema 4D do MSC Fantasia. Depois de inovações nas áreas internas, empresas apostam nas partes externas (Foto: MSC Crociere)

Os turistas brasileiros que queiram embarcar em um desses novos cruzeiros, no entanto, não devem se animar. Por restrições tarifárias e pela profunidade dos nossos portos, não há previsões de vermos esses gigantes por aqui.

Sobre o autor

Somos três amigos que compartilham o sonho de conhecer os quatro cantos do mundo. Da vontade de explorar diferentes lugares e da busca constante por novas experiências, surgiu o RoadTrio: um site que reúne informações, dicas e notícias do que não se pode perder por aí e é essencial para qualquer viajante.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.