Além da redução do horário de visita ao Machu Picchu, o governo do Peru acrescentou novas regras à visitação do sítio arqueológico. A partir do dia 1º de julho, apenas turistas acompanhados de um guia oficial terão permissão para acessar o local. E o limite para grupos será de 16 pessoas. Para completar a lista das mudanças, só será permitido percorrer a cidade sagrada nas trilhas pré-definidas.

| Mudança nos horários

Conforme já divulgado, os bilhetes de entrada ao Machu Picchu deixam de ser válidos para o dia inteiro, tendo os turistas que optar por um dos horários: das 6h às 12h, ou de 12h às 17h30.

Essa mudança ocorreu com o objetivo de conservar a região, uma vez que ela sofre um grande desgaste com a quantidade de visitas diárias. A divisão em dois turnos equilibrará o acesso excessivo ao local, que ainda é considerado sagrado para vários povos indígenas. Porém, quem já reservou ou comprou os ingressos para Machu Piccchu com antecedência para os meses de julho a dezembro deste ano, permanecem em vigor.

Sobre o autor

Somos três amigos que compartilham o sonho de conhecer os quatro cantos do mundo. Da vontade de explorar diferentes lugares e da busca constante por novas experiências, surgiu o RoadTrio: um site que reúne informações, dicas e notícias do que não se pode perder por aí e é essencial para qualquer viajante.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.