A Nova Zelândia é surpreendente em cada cantinho, de norte a sul. Uma das paradas mais impressionantes que fizemos durante nossa roadtrip por lá foi o Franz Josef Glacier, localizado a 5 quilômetros da cidade que leva o mesmo nome da geleira.

A cidade de Franz Josef é pequenininha e extremamente charmosa, já que é rodeada por montanhas com neve, casinhas charmosas. A população estimada de Franz Josef é de apenas 330 habitantes.

Cidade de Franz Josef, no sul da Nova Zelândia (Foto: RoadTrio)

Cidade de Franz Josef, no sul da Nova Zelândia (Foto: RoadTrio)

O Franz Josef Glacier desce profundamente para a floresta tropical do Parque Nacional de Westland, a partir de uma altura de 2700 metros acima do nível do mar, até 240 metros acima do nível do mar, espalhadas em um terreno que abrange cerca de 11 quilômetros. A costa oeste da ilha sul da Nova Zelândia é uma das regiões mais surpreendentes e bonitas pela sua natureza.


LEIA TAMBÉM
Ilha norte da NZ: de Auckland até Wellington
Ilha Sul da NZ: de Picton até Milford Sound
7 motivos para alugar um carro na Nova Zelândia
Tudo que você precisa saber antes de ir para a NZ


Caminhada em Franz Josef Glacier (Foto: RoadTrio)

Caminhada em Franz Josef Glacier (Foto: RoadTrio)

Nós saímos de Christchurch e fomos para Franz Josef, aproximadamente 386 km, cerca de 5 horas de carro. Como nosso passeio estava marcado para às 10h30, fomos diretamente de Christchurch para o ponto de encontro da Franz Josef Glacier Guides, empresa que nos levou para essa experiência.

A expectativa para esse momento da viagem era altíssima, já que faríamos um passeio de helicóptero até a geleira e, então, uma caminhada incrível pelo glacier. O passeio mais conhecido por lá é conhecido como heli hike (helicóptero + caminhada), é inesquecível e lindo! Não deixe de fora do seu roteiro. Recomendamos agendar com antecedência e ficar atento ao clima, já que o voo de helicóptero depende 100% dessas condições. Demos sorte e pegamos um dia lindo!

Assim que chegamos, fomos direto para a estrutura da Franz Josef Glacier Guides, onde todos fazem o check-in e se preparam para o passeio.

A preparação começa com o procedimento de segurança do passeio, a maneira certa de usar o bastão e os grampos nas botas e segue para o aluguel de roupas quentes e impermeáveis, que incluem calças, casacos, luvas, gorros, meias, bastão de caminhada, mochila, botas e os crampons – grampos de botas para usar no gelo. Disso tudo, apenas a mochila, os sapatos, o bastão e os grampos são obrigatórios. Todas as peças estão inclusas no preço final.

Grampos e botas para a caminhada são oferecidos pela empresa (Foto: RoadTrio)

Grampos e botas para a caminhada são oferecidos pela empresa (Foto: RoadTrio)

A mochila é exatamente por conta do voo de helicóptero. Assim, ninguém “abusa” do tamanho e do peso e leva somente o necessário: grampos para botas, câmera fotográfica e algum snack.

Há um local para você deixar seus pertences de forma 100% segura, onde só os funcionários da própria empresa têm acesso. Não se preocupe.

| O passeio

Para chegar ao ponto onde o helicóptero nos esperava, precisamos fazer uma pequena trilha de aproximadamente 1 km, guiada por um profissional.

Depois disso, nosso grupo de 12 pessoas foi dividido em dois, para que todos pudessem ser levados ao ponto principal do passeio pelos ares em duas levas diferentes.

Helicóptero que nos levou para o alto da montanha (Foto: RoadTrio)

Helicóptero que nos levou para o alto da montanha (Foto: RoadTrio)

E lá fomos nós, no primeiro grupo. Tive a sorte de ir no banco do helicóptero ao lado do piloto. O voo panorâmico antes de chegar no glacier foi um dos visuais mais lindos da nossa roadtrip ela Nova Zelândia. São cerca de 8 minutos de voo, que passa por toda a natureza da região e se torna ainda mais impactante quando sobrevoa o glaciar.

O helicóptero pára literalmente “no meio do nada” e deixa os visitantes e o guia prontos para uma caminhada de duas horas no meio das geleiras. Deste ponto, prepare-se para mergulhar em paredes de gelo azuladas.

Helicóptero que nos levou para o alto da montanha (Foto: RoadTrio)

Helicóptero que nos levou para o alto da montanha (Foto: RoadTrio)

Pensa em “trilha” linda… é essa! Passamos por túneis fechados e vimos até uma pequena avalanche por lá (o barulho é impressionante).  Apesar de parecer complicado, pessoas a partir de 8 anos podem fazer.

A cada passo que dávamos o cenário mudava e deixava o visual ainda mais incrível. Cruzamos pequenos lagos, entramos em cavernas apertadas e seguimos por labirintos e mais labirintos feitos por altos paredões de gelo.

O contraste entre o branco e azul do gelo e o marrom da montanha criam um paraíso inesquecível. Mas afinal, por que os tons azuis? Esta é provavelmente a pergunta que os guias mais respondem por lá: tudo é “química”.

Para quem não sabe, as geleiras são imensos blocos de gelo formados pelo acúmulo de neve em alguns locais da Terra. A neve compactada sob grande pressão no fundo de uma geleira extingue as bolhas de ar e, com a absorção da luz, cria essa tonalidade azulada.

Cavernas azuis em Franz Josef Glacier (Foto: RoadTrio)

Cavernas azuis em Franz Josef Glacier (Foto: RoadTrio)

Durante o percurso encontramos alguns outros grupos pequenos, mas que logo “se perdiam” na imensidão. Você se sente minúsculo no meio de uma natureza pouco explorada e que, se o aquecimento global continuar, desaparecerá em alguns anos.

Por isso, nosso conselho é que você aproveite cada segundo daquela caminhada. Será inesquecível.

Ao contrário do que esperávamos, lá na geleira não faz tanto frio. Por estar muito tempo exposta ao sol, o clima é bastante agradável. Os raios solares no branco do gelo também criam uma luz fortíssima e, por isso, não esqueça seus óculos de sol (eles são tão indispensáveis quanto os grampos da bota).

Lagos e paredões de gelo durante a caminhada (Foto: RoadTrio)

Lagos e paredões de gelo durante a caminhada (Foto: RoadTrio)

Após as 2 horas e meia, voltamos ao ponto onde o helicópteros nos encontraria para fazer o retorno. Mais alguns minutinhos sobrevoando aquele lugar mágico e voltamos para a sede da empresa com gostinho de quero mais.

| Hot pools

O Heli Hike inclui entrada gratuita nas hot pools. São várias piscinas aquecidas em diferentes temperaturas onde você pode relaxar e se aquecer depois da caminhada.

As piscinas são cercadas por árvores nativas e são alimentadas totalmente pelas águas da geleira local. Quem quiser uma piscina privada, pode fazer a reserva e desembolsar NZ$ 41 para duas pessoas.

Hot pools para relaxer depois da caminhada (Foto: RoadTrio)

Hot pools para relaxer depois da caminhada (Foto: RoadTrio)

Nós, claro, ficamos cerca de uma hora por lá antes de ir embora para nosso hotel, localizado em Fox Glacier, há aproximadamente 30 minutos dali.

Na área das hot pools os visitantes podem tomar banho em uma grande estrutura com chuveiros, armários e penteadeiras com secador. As toalhas e o armário são cobrados a parte (NZ$ 5 e NZ$ 3 respectivamente).

| Preço e horários

O preço desse passeio é um pouco salgado. O passeio custa NZ$ 459 e pode ser feito em qualquer época do ano. Isso inclui as roupas, o passeio de helicóptero e a trilha no glacier, além das hot pools.

Todo o passeio tem duração de aproximadamente 4 horas. Grupos são levados ao glacier durante todo o dia até 12h45. Veja datas e horários disponíveis.

Caminhada pelo glaciar (Foto: RoadTrio)

Caminhada pelo glaciar (Foto: RoadTrio)

| História

Franz Josef Glacier foi explorada pela primeira vez em 1865 pelo geólogo Julius von Haast, que a batizou em homenagem ao imperador austríaco.

Pelos locais, o local também é chamado de a Roimata o Hinehukatere, que significa “As lágrimas de Hinehukatere”, em maori.

Ao lado do Fox Glacier, localizado na cidade de mesmo nome também, o Franz Josef Glacier foi designado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. As duas também são consideradas as geleiras mais acessíveis do mundo para explorar. Não é por acaso que elas estão entre as atividades mais populares da Ilha Sul da Nova Zelândia.

Caminhada pelo glaciar (Foto: RoadTrio)

Caminhada pelo glaciar (Foto: RoadTrio)

A geleira se manteve em ininterrupto crescimento de 1983 até 2008, mas de 2008 em diante ela começou a recuar devido o aquecimento global. Isso fez que, com o tempo, fosse criado um buraco no meio da geleira. Isso fez com que a trilha, que começava a pé na base da montanha, tivesse que ser adaptada.

Por isso, desde 2012 o helicóptero passou a ser a principal via de acesso na montanha.

| Sobre o Franz Josef Glacier Guides

O Franz Josef Glacier Guides é uma empresa renomada na região, criada em 1990. Ela combina técnicas de orientação tradicionais únicas para da Nova Zelândia com inovações modernas.

Os guias passam por um rigoroso programa de treinamento para que possam levar os turistas com segurança para a geleira.

Entrada do Franz Josef Glacier Guides (Foto: RoadTrio)

Entrada do Franz Josef Glacier Guides (Foto: RoadTrio)

Todos os dias antes do primeiro passeio comercial, os guias inspecionam a geleira e descobrem qual a melhor trilha para caminhadas.

A empresa tem webcans instaladas na geleira que permite com que todos vejam como está o clima ao vivo por lá.

Além do Heli Hike, a Franz Josef Glacier Guides também têm outros passeios: Glacier Valley Walk (caminhada de aproximadamente 3 horas) e Ice Climb (voo de helicóptero e escalada no gelo).

| Onde se hospedar

Hotel em Fox Glacier (Foto: RoadTrio)

Hotel em Fox Glacier (Foto: RoadTrio)

Fox Glacier Pod Hostel & Inn (Fox Glacier)
Depois de visitar o Franz Josef Glacier, fomos para a cidade vizinha, Fox Glacier, a aproximadamente 25 minutos de carro. A cidade é minúscula, mas bem fofa, com visual lindo das montanhas e com um quê de vilarejo. Nos hospedamos nesse hostel, Fox Glacier Pod Hostel & Inn, em um quarto privativo, mas a melhor parte dele é o restaurante, milimetricamente bem posicionado para que os clientes acompanhem o pôr do sol e se deliciem em um cardápio farto, cheio de opções e com um preço convidativo (principalmente porque essa região é uma das mais caras para quem quer comer bem).

Preço: a partir de NZ$ 28 (quarto compartilhado – 5 pessoas)
Endereço: 39 Sullivan Rd, Fox Glacier 7886, Nova Zelândia
Site: foxglacierinn.co.nz

Serviço

Franz Josef Glacier Guides
Site: 
www.franzjosefglacier.com
Telefone: +64 3 752 0763 / 0800 GUIDES (484 337)
Email: walks@franzjosefglacier.com
Endereço: Glacier Base – 63 Cron Street, Franz Josef Glacier
Facebook: Franz Josef Glacier Guides
Instagram: @franzjosefglacierguides

Veja mais fotos do nosso passeio em Franz Josef Glacier na galeria abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

***  Em roadtrips longas como esta, é indispensável alugar um carro com seguro completo e analisar as condições de retirada em um ponto e devolução em outro. Faça um orçamento completo com a Hitch Rental Cars.

Além disso, para maior segurança e tranquilidade, faça sempre um seguro viagem. Nós fizemos um com a Chancetour Viagens, que tem um preço bem acessível e ampla cobertura! A tranquilidade de saber que você está seguro em todos os aspectos faz com que você curta muito mais sua viagem. Peça seu orçamento aqui!

Sobre o autor

Formada em jornalismo, já passou algumas temporadas na Califórnia e em Barcelona. Os anos de cobertura de Semanas de Moda internacionais passaram e fizeram com que ela descobrisse que o seu verdadeiro estilo é viajar.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.