Happy House Hostel: casarão em Santiago, Chile
Atendimento10
Limpeza8
Preço10
Localização8
Lazer9
Acomodação9
9Nota RoadTrio

Você não precisa de muito dinheiro para ir para o Chile, mais especificamente Santiago, já que os preços andam bem convidativos. Se você também não tiver companhia, não se preocupe. Hospede-se em um hostel e junte o útil ao agradável. Na nossa última viagem para Santiago tivemos o prazer de passar algumas noites no Happy House Hostel.

A capital chilena é cheia de casarões muito bem conservados e o Happy House Hostel é um deles. Com uma construção histórica no estilo colonial, com pé direito alto e espaços amplos, é uma opção de hospedagem com custo-benefício ótimo para quem está de passagem pela cidade.

Apesar de ser um hostel, você encontrará uma infraestrutura completa que deixa o local com cara de hotel: quartos privativos, quartos compartilhados, piscina, deck de sol, salão de jogos e lounges com decoração charmosa.

Além disso, o atendimento é impecável e os funcionários se demonstram 100% interessados em te ajudar na sua estadia no hotel e na cidade.

(Foto: RoadTrio)

Diferentemente do que acontece em muitos hostels, as festinhas ocorrem na piscina, em área isolada, respeitando aqueles que querem uma boa noite de sono. O barulho mais alto que você provavelmente vai ouvir por lá são dos passos das pessoas nas tábuas do chão de todo o hostel. Mas fique tranquilo, isso não vai tirar o seu sono.

O Happy House Hostel tem se esforçado para manter a arquitetura da casa original, ter respeito por sua cultura chilena e pelo seu patrimônio. Vale destacar que o hostel é certificado pela SERNATUR, a Secretaria de Turismo do Chile.

(Foto: RoadTrio)

| Localização

O Happy House Hostel existe desde 2003, fica na Calle Moneda, na parte histórica da cidade, que inclui o Palácio do Governo e a Praça das Armas, além de ser muito perto da estação Los Heroes, linha 1 do Metrô.

O bairro não é o mais bonito da cidade, mas, apesar de parecer deserto principalmente nos fins de semana, não passou aquela sensação de insegurança. Um ponto muito positivo é a quantidade de restaurantes simples e com preços bons na região.

(Foto: Dani Reyes-Acosta / Divulgação)

| Acomodações

Nós escolhemos um quarto para duas pessoas com banheiro privado. Esses quartos são grandes e, além das camas, também tem criado-mudo, espaço para as malas e um chuveiro quentinho (já falamos o quanto isso é importante para nós, né?).

(Foto: Dani Reyes-Acosta / Divulgação)

Muita gente que viaja e pensa em se hospedar em um hostel fica preocupado com a higiene do local. Claro que este não é um hotel 5 estrelas, mas tivemos uma experiência muito boa e indicamos o local de olhos fechados. Pode ficar tranquilo quanto a isso.


LEIA TAMBÉM
Santiago: guia completo da capital do Chile
Conheça trekkings na selva da patagônia Chilena
Novidades do Valle Nevado Ski Resort para esta temporada


O local tem 14 suítes que atendem de 1 a 4 pessoas, 11 quartos privados com banheiro compartilhado e que acomodam de 1 a 5 pessoas, e 3 dormitórios compartilhados que alojam de 6 a 8 pessoas. Com capacidade completa, o Happy House Hostel pode receber até 95 pessoas. Todos os quartos tem sistema de calefação para os dias mais frios.

Ah! Lembre-se de levar um cadeado – principalmente se você optar por um quarto compartilhado – e a sua própria toalha!

(Foto: Dani Reyes-Acosta / Divulgação)

| Área comum

A área comum também é uma delícia. Além dos longos corredores do casarão, os hóspedes podem usufruir de uma sala de TV, sala com computadores e internet gratuitos, cozinha bem equipada, sofás por todos os cantos, lavandeira e o melhor: piscina!

A piscina fica aberta durante todo o dia, até às 22h. Mas a área com o jardim fica aberta 24 horas desde que os hóspedes respeitem os outros turistas e maneirem no barulho.

(Foto: RoadTrio)

A área externa também conta com churrasqueiras, mesinhas e uma área livre para você curtir aquele dia sem turismo e, de quebra, conhecer gente de todos os cantos do mundo e fazer novos amigos. Ah, uma curiosidade, a maioria dos clientes são da Inglaterra, França, Alemanha, Brasil e Argentina.

(Dani Reyes-Acosta / Divulgação)

| Está incluso

Na estadia está incluso café da manhã no estilo buffet (são poucas opções, mas todas uma delícia), recepção 24 horas, acesso gratuito a internet – o WiFi pega melhor na área da piscina -, cofres nas suítes privadas e armários nos dormitórios compartilhados.

Além disso, o atendimento é excelente. Os funcionários estão sempre 100% dispostos a indicar os principais pontos turísticos da cidade e como chegar lá. Para facilitar ainda mais a vida dos turistas, eles fazem as reservas para tours específicos durante a alta temporada.

O Happy House Hostel também organiza atividades recreativas e culturais como aulas de baile, churrasco típico chileno, noites de cinema e tours grátis pela cidade.

(Foto: RoadTrio)

| Preço

Os preços variam de acordo com a época do ano e com o tipo de quarto escolhidos. Eles podem ir de de CLP$ 14.000 (cerca de R$ 67,80) até CLP$ 45.000 (cerca de R$ 218).

A temporada alta vai de outubro até abril, sendo de maio a setembro a baixa temporada e de junho a agosto a temporada média.

Você pode ver todas as tarifas do Happy House Hostel aqui.

| Eventos cultrais

O Happy House Hostel oferece seu espaçoso terraço e pátio para diferentes organizações (universidades, centros culturais, sem fins lucrativos) para que sejam feitas exposição de obras de arte e outras expressões artísticas da cultura chilena, assim como a cultura urbana e multicultural de Santiago.

Além disso, o hostel ferece serviços para pequenos eventos privados (30 pessoas), incluindo batizados, festas de aniversário e outras celebrações especiais durante o ano.

(Foto: Dani Reyes-Acosta / Divulgação)

| Serviço

Endereço: Moneda 1829, Centro de Santiago, 8340493
Contato: (56) 226884849
Site: www.happyhousehostel.com
Internet: Free Wifi
Café da manhã incluso

Veja mais fotos do Happy House Hostel

Sobre o autor

Formada em jornalismo, já passou algumas temporadas na Califórnia e em Barcelona. Os anos de cobertura de Semanas de Moda passaram e fizeram com que ela descobrisse que o seu verdadeiro estilo é viajar.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.