Em uma ilha como Curaçao, não poderíamos deixar de conhecer um dos seus melhores pontos de mergulho. Não fomos com equipamento de cilindro, como muitos turistas fazem por ali, mas nossa experiência com o snorkel já foi suficiente. Reservamos uma manhã para fazer um passeio muito procurado na ilha, o naufrágio conhecido como Tugboat.


MAIS SOBRE CURAÇAO

Bon Bini a Curaçao – Tudo sobre a ilha caribenha
Passeio para o paraíso chamado Klein Curaçao
Saiba tudo sobre as praias de Curaçao
5 restaurantes imperdíveis em Curaçao


Nós fomos convidados pela Curaçao Actief para fazer esse tour, que começa um pouco antes das 9h com eles te pegando no hotel, e acaba às 13h. Apesar da região do naufrágio poder ser visitada sem uma empresa de turismo, é aconselhável ter esse apoio até mesmo porque eles fazem outras paradas no percurso para você fazer mais mergulho e até conhecer um mirante e ver a cidade do alto.

Curaçao do alto tem todo o seu charme (Foto: RoadTrio)

Curaçao do alto tem todo o seu charme (Foto: RoadTrio)

Logo que subimos no jipe, fomos até o porto em que os navios de cruzeiro ficam ancorados. Por ali, outros turistas entraram em nosso veículo. De lá, partimos para o primeiro ponto de mergulho. Caso você não tenha equipamento, eles oferecem snorkel e pé de pato, só é preciso passar a numeração na hora da reserva. Apesar da facilidade, aconselhamos muito levar seu próprio snorkel, porque você vai usá-lo em praticamente todas as praias de Curaçao!

A primeira parada foi em um pequeno recife artificial. Você poderá nadar por cima dele, mas por ser tão raso, é aconselhável usar o colete salva-vidas para não afundar e danificar os corais. Ficamos por ali uns 30 minutos, só observando a vida marinha. Muitos peixes e ouriços. A variedade de espécies de peixes e o tamanho dos corais já teria valido o passeio.

Começo da trilha para ver a cidade do alto (Foto: RoadTrio)

Começo da trilha para ver a cidade do alto (Foto: RoadTrio)

De lá, eles nos levaram ao auge do dia, o navio naufragado. O nosso guia nos deu algumas dicas básicas, como não tocar no barco e nem se arriscar e entrar em sua carcaça. Cinco minutos depois, já estávamos no fundo do mar apreciando o navio rebocador de 30 pés no fundo do mar. Depois de três décadas abaixo das ondas, o casco da navegação é feito praticamente de corais.

O casco da navegação é feito praticamente de corais (Foto: RoadTrio)

O casco da navegação é feito praticamente de corais (Foto: RoadTrio)

Você poderá ver muitos peixes tropicais. Devido às águas rasas e tranquilas, o Tugboat está entre os 10 melhores locais de mergulho na ilha! Ficamos mergulhando por um pouco mais de 1 hora, mas passou muito rápido. Acredite!

O barco não está muito fundo, por isso é possível nadar perto dele (Foto: RoadTrio)

O barco não está muito fundo, por isso é possível nadar perto dele (Foto: RoadTrio)

Para finalizar o passeio, o nosso guia nos levou até o Forte Beekenburg, local histórico construído para proteger Caracasbaai de piratas e nações inimigas. Você terá que fazer uma pequena trilha (muito levinha) para chegar até o mirante e ter a visão de Barbara Beach e todo o porto das Spanish Water.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Serviço

Curaçao Actief
Site
: www.curacao-actief.com
E-mail: info@curacao-actief.com
Horário do passeio: 9h às 13h – porém começam a passar nos hotéis a partir das 8h
Valor: US$ 65
O que oferece: transporte, água e equipamento para mergulhar (snorkel e pé de pato)

Sobre o autor

Em 2011, a jornalista morou na Europa, onde foi travel-writer para o Guia Criativo para O Viajante Independente na Europa. De volta ao Brasil, não quer se limitar às paredes de um escritório e fez do seu hobby uma nova profissão.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.