Nada mal viajar para a Europa para tocar em, nada mais nada menos, que Mônaco (França). Sim senhores, caros leitores. Nosso colaborador e DJ Dre Guazelli arrasou no set lá na corrida de F-1, emendou com noites em Ibiza (Espanha) e contou tudo para o RoadTrio. Veja abaixo dicas com um relato quase completo.

Dre Guazzelli, colaborador do RoadTrio

Nessa viagem consegui unir muita coisa boa: assistir uma corrida de F1, regado de boa comida e muita música. Os destinos não poderiam ser melhores Mônaco e Ibiza! Sai de São Paulo e cheguei em Mônaco, na França. De lá, rodei aproximadamente 40 minutos de carro em uma estrada bem bonita pela Costa Azul. Mônaco é organizada, bonita, toda vigiada por câmeras e fica a em um pequeno ponto no globo entre França e Itália. A primeira parada tinha como foco a corrida.

A very special dance flight (Foto: Dre Guazzelli)

No caminho que percorri, existem várias cidades e vilarejos próximos e um dos mais especiais chama-se Éze. Lá tem um restaurante chamado Rossanna at Panta Rei que é casa do melhor tiramisu do mundo. No lugar do café, o processo é feito com morangos e açúcar mascavo… Muito, muito bom! O cardápio também tem peixes variados e entradas de queimar a largada.

Um bar e café bem especial e clássico é o Gehrard’s Cafe, que fica no porto. O legal é ir antes da corrida e de lá pegar uma carona com o bote do seu barco (sim, você pega um barco para ir até o local), ou então pegar um ‘táxi-barco’ até a marina do Grand Prix. Uma vez que a corrida começou, o único jeito de entrar e assistir é pelo mar. Nada mal, né?

O bote do nosso barco me pegou e chegamos para assistir a última meia hora da corrida e, claro, tocar. O tamanho de uma pista não importa. O que importa é o número de pessoas sorrindo e dançando. Foram dois dias e 12 horas tocando – no treino e no dia da corrida.

Em Mônaco a rosta rola solta nos barcos também (Foto: Dre Guazzelli)

Fomos também ao Nobu, um restaurante dentro do Fairmont Hotel onde a pista de corrida passa bem na frente. O hotel é clássico, tem uma vista incrível, carros ultra mega potentes e fora da realidade. O Nobu é um ótimo restaurante japonês, com bons drinks, uma bela vista e música boa que vai aumentando ao desenrolar da noite. Em cima do Fairmont fica também o Nikki Beach, um beach club a la st. Tropez na beira da piscina com uma vista maravilhosa. Em baixo do hotel fica o famoso túnel do GP de Monte Carlo (lembrei da época dos jogos de corrida de videogames).

Preparativos para tocar durante o treino e durante a corrida de F-1 (Foto: Dre Guazzelli)

Nesse final de semana mais que especial a cidade fica cheia de pessoas, festas e tudo o que você pode imaginar em relação a dinheiro. Ô lugarzinho caro! Uma noite no Fairmont Hotel, por exemplo, no final de semana do GP, sai por nada mais nada menos do que 9 mil euros. Aqui já tocaram Solomun, Bob Sinclair e mais alguns DJs nada baratos em uma das principais baladas, a famosa Twiga.


LEIA TAMBÉM
Viagem para Índia: veja um roteiro imperdível
Um olhar diferente sobre a Chapada dos Veadeiros
Paraíso dos Pândavas: refúgio zen na Chapada dos Veadeiros


Uma vez que a corrida começou, o único jeito de entrar e assistir é pelo mar (Foto: Dre Guazzelli)

| Partiu Ibiza

Chegamos em Ibiza e fomos direto para Playa D’en Bossa, que é uma das mais famosas praias de Ibiza, não apenas por sua beleza mas por concentrar o maior número de bares, beach clubs e hotéis, como Ushuaya e Hard Rock.

Olá, Ibiza! (Foto: Dre Guazzelli)

Nesse dia, fomos tocar em um beach club novo chamado Nassau Tanit Beach. Tocamos durante a tarde toda até o pôr do sol, que acontece por volta das 21h durante o verão. Voltamos para casa, mas como estávamos na ‘ilha das festas’ não teria motivo para não ir na noite de abertura da Cocoon, com Sven Väth e Dixon. A festa acontece na Amnesia, um dos principais e mais legais clubs de Ibiza. Ao todo mais de 3 mil pessoas se reuniram para o som de Sven Väth e Dixon, que tocaram por 5 horas.

Do aeroporto direto para a praia. Mais sax, mais guitarra, mais sol, mais aprendizado, mais dança, mais mar (Foto: Dre Guazzelli)

Existem algumas praias na região que devem ser visitadas, mas não é possível conhecer todas em uma única semana. Cala Bassa é uma praia que sempre tocamos e é linda de viver, ficar e comer. Cala Conte também entra na lista das mais bonitas que já vi. Ainda, vale se programar para ver a pedra enorme chamada Es Vedrà no meio do oceano. Existem 3 pontos para vê-la e deve investir pesquisa para esse programa.

Aqui tem festa todo dia (Foto: Dre Guazzelli)

Durante a viagem, tocamos na Playa D’en Bossa outra vez, mas no Nassau Beach Club, um dos mais conhecidos da ilha e famoso por seus CDs anuais com música boa, comida boa, decoração incrível e várias cadeiras pra tomar sol, bebendo e escutando música.

Que tal essa vista? (Foto: Dre Guazzelli)

Outro local na mesma praia é o Coco Beach, um restaurante clássico na beira do mar e muito gostoso. Outro beach club que eu já toquei algumas vezes e é bastante conhecido e super bonito é o o Blue Marlin. Indico a visita!

Ainda na pegada gastronômica, aí vai a maior dica:  restaurante Casa Colonial, ambiente incrível, comida maravilhosa e muitos bons drinks.

Despedida de Ibiza para tocar no aeroporto internacional de Frankfurt (Foto: Dre Guazzelli)

É legal alugar um carro em Ibiza e escutar a Ibiza Global Radio ou a Sonica Radio, rádios locais que passam músicas de qualidade, eu garanto!

Uma dica final: sempre bom lembrar que existem vários pontos de “batidas policiais” antes dos clubs abrirem e depois que eles fecham. Então beber e dirigir não é uma opção inteligente! Para isso existem os táxis, Uber em Ibiza não existe.

Assista ao episódio 2 aqui!

Veja na galeria abaixo mais fotos da viagem:

Aproveite para baixar mais de 17 horas de música na página oficial do Facebook do Dre Guazzelli. Clique aqui para fazer o download do set list.

dre

Sobre o autor

Somos três amigos que compartilham o sonho de conhecer os quatro cantos do mundo. Da vontade de explorar diferentes lugares e da busca constante por novas experiências, surgiu o RoadTrio: um site que reúne informações, dicas e notícias do que não se pode perder por aí e é essencial para qualquer viajante.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.