Pousada Solar dos Ventos: linda vista em Noronha
Atendimento9.2
Limpeza10
Preço8
Localização10
Lazer7.4
Acomodação10
9.1Nota RoadTrio

Aterrissamos em Noronha no final da tarde de um domingo de céu aberto, ou seja, já tínhamos perdido o tão espetacular pôr do sol. Mas, assim que chegamos em nosso primeiro destino, que foi a Pousada Solar dos Ventos, localizada na Baía do Sueste, percebemos que não tinha melhor forma de começar a nossa viagem. A pousada é muito charmosa e causa um grande impacto já na recepção.

O Renato, funcionário do hotel, foi o responsável por nos buscar no aeroporto com o transfer da hospedagem. A pousada fica a dois minutos do aeroporto de carro, menos de 1 km. Bem pertinho.

Quando chegamos, ele nos apresentou os serviços, já mostrou como era o clima de receptividade do local e nos ofereceu uma bebida de boas-vindas: água de coco geladinha. Nada mal para quem tinha pego 3 voos antes de chegar no paraíso com os seus 27ºC.

Água de coco para nos recepcionar (Foto: RoadTrio)

Ao mesmo tempo, já podíamos contemplar a vista que a pousada oferece, direto da Baía do Sueste. É algo completamente fora de série. A pousada é pequena, com apenas 8 bangalôs, o que causa uma sensação de exclusividade, ainda mais com a linda vista para o mar. Realmente, poucas pessoas têm a chance de acordar e dormir com esse cenário.

A vista da Pousada Solar dos Ventos é o auge da hospedagem: acorde e durma com esse visual (Foto: RoadTrio)

Por ela estar afastada do centro, a Solar dos Ventos traz a perfeita sensação de paz e tranquilidade que os turistas buscam em Noronha. Durante a noite, só se escutam os grilos e o barulho do mar batendo nas pedras.


LEIA TAMBÉM
Fernando de Noronha: veja o guia completo da ilha
Passeio de catamarã em Fernando de Noronha
Nascer do sol em uma canoa havaiana em Noronha
Praia de Noronha é eleita a mais bonita do mundo


| Acomodação

A pousada tem 8 bangalôs, sendo que um é para família e comporta até 4 pessoas. E, o melhor, todos são bem amplos e tem varada com vista para o mar. Ou seja, não importa o quarto que você ficará, a pousada já pensou em proporcionar o melhor da ilha aos hóspedes.

O quarto de casal do bangalô luxo família (Foto: RoadTrio)

No total, a pousada consegue acomodar até 25 hóspedes de uma só vez. A estrutura de todas as hospedagens é praticamente a mesma: TV, cama king size (o quarto para família tem duas camas de solteiro também), frigobar, cofre e ar condicionado. O que muda é o tamanho, o Bangalô Luxo tem 40m², o Master Luxo tem 50m² e o Luxo Família tem 60m².

O bangalô Master Luxo tem a melhor vista de todos, é espaçoso e tem um clima romântico (Foto: RoadTrio)

Nós ficamos nesse último (Luxo Família), que conta com dois banheiros, dois quartos e um mezanino. O pé direito do quarto é muito alto, o que traz um ar de luxo e elegância. Os amenities do banheiro são de produtos Natura, o que já mostra a preocupação com a natureza.

O bangalô Luxo Família conta com um quarto com duas camas de solteiro (Foto: RoadTrio)

Além de lindo, nosso bangalô estava todo decorado com flores e pétalas em cada cantinho que você olhasse. Dava até dó desfazer a cama ou usar o chuveiro. A limpeza é impecável, assim como o serviço de quarto.

| Gastronomia

Em baixa temporada, você pode pedir o café da manhã no quarto (Foto: RoadTrio)

O hotel oferece todas as refeições, mas apenas o café da manhã (7h às 10h) e o chá da tarde (17h às 18h) estão inclusos na diária. O almoço e jantar é pago à parte. Como a pousada estava com menos movimento do que o normal quando estávamos lá, pudemos apreciar o café da manhã do nosso quarto e com aquela vista que já estávamos apaixonados. Quando acordamos, ligamos na recepção e escolhemos o que queríamos comer.

O cardápio é diverso, então você pode aproveitar um pouquinho de cada uma das “especialidades” da pousada. Mini-sanduíches, ovo mexido, tapioca recheada e suco com frutas da estação caem perfeitamente bem no café da manhã. Os funcionários alegam que você pode “pedir o que quiser” e eles avisam caso não seja possível preparar.

O restaurante é pequeno e acolhedor, assim como o restante da pousada (Foto: RoadTrio)

Em alta temporada é preciso ir ao restaurante apreciar o buffet, que conta com as mesmas opções do café servido no quarto. Muitos temperos usados nas refeições são colhidos da própria horta e as frutas do pomar da pousada. O que dá aquele gostinho especial.

Os hóspedes também podem pedir room service, que conta com várias opções, desde sanduíches até saladas, bruschettas, sobremesas e drinques especiais. O serviço funciona diariamente das 00h às 22h.

O cuidado está em cada detalhe; veja a decoração da recepção (Foto: RoadTrio)

Apesar de altos, os preços são mais convidativos do que o de alguns restaurantes da ilha. Os sanduíches variam de R$ 14,90 (misto quente) até R$ 34,90 (filé de peixe, frango ou carne). A salada mais cara, com mix de folhas e frutos do mar, custa R$ 54,90. Entre os drinques, a caipirinha é a partir de R$ 14,90.

O restaurante fica aberto no almoço e no jantar, das 12h às 15h e das 18h às 22h, respectivamente.

| Localização


A pousada fica na BR 363, voltado para o Mar de Fora, em frente a Baía do Sueste. Como já falamos, a vista é o ponto alto da hospedagem. Lá é possível contemplar uma paisagem paradisíaca e caminhar até a praia do Sueste, que fica apenas a 3 minutos e é considerada uma das melhores para banho e observação das tartarugas marinhas (apesar de que vimos poucas e com quase nada de visibilidade).

Para ir até a baía é preciso sair da Solar dos Ventos, pois a parte que fica bem em sua frente é uma reserva natural. Vale ressaltar que essa praia precisa ter a carteira de acesso ao Parque Nacional Marinho (falamos sobre essa taxa no guia completo de Noronha).

| Consciência ambiental

Como praticamente todos os estabelecimentos de Fernando de Noronha, a pousada tem toda uma preocupação com a preservação do arquipélago e de gerar cada vez menos impacto ambiental. Por isso, ela criou uma filosofia para o funcionamento do local, que também é conhecida internamente como “selo Solar Green”.

A horta faz parte da filosofia ambiental que a pousada tem (Foto: RoadTrio)

O lugar possui um gerador de energia eólica que abastece toda a iluminação da área externa da pousada, tratamento e reciclagem de água que é reutilizada nos jardins, painéis solares fotovoltaicos que aquecem a água dos chuveiros e uma horta orgânica que abastece o restaurante com hortaliças e verduras.

| Preços

Os valores variam de acordo com o bangalô escolhido e com a temporada. A opção de hospedagem mais barata é o apartamento luxo duplo que vai de R$ 968 (baixa temporada) a R$ 1.223 (alta temporada). Já o quarto mais caro, que tem capacidade para quarto pessoas, custa entre R$ 2.600 e R$ 3.030. Isso sem falar nas datas comemorativas, como Carnaval, Natal e Ano Novo, em que os valores ficam ainda mais alto. Veja aqui a tabela de tarifas completa.

O custo pode assustar um pouco, mas vale o investimento, caso esse não seja um problema para você. Muitas pessoas preferem investir na hospedagem e abrir mão de outros itens da viagem. Podemos afirmar que essa é a pousada com uma das mais belas vistas da ilha.

| Para quem quer casar

Esse é o espaço que os noivos podem escolher para a festa de casamento (Foto: RoadTrio)

Por ser uma região cara, é difícil imaginar que ocorram tantos casamentos em Fernando de Noronha. Mas, acredite, são mais de 200 por ano. De olho nessa tendência, a Pousada Solar dos Ventos realiza um serviço exclusivo para quem quer casar na ilha. Você pode montar a festa dentro da pousada e seus hóspedes podem ficar por lá mesmo. Para isso, é preciso fechar também a pousada ao lado (Maravilha). Assim, ninguém irá reclamar do barulho da festa. Para saber o preço, é preciso entrar em contato direto com o hotel.

| Cuidados com os hóspedes

Pequenos detalhes fazem a diferença. Além do quarto gostoso, da limpeza e da vista, sempre levamos em conta a forma que os lugares recebem os seus hóspedes. E esse quesito com certeza marcou a nossa estadia. Um exemplo de atenção foi uma cartinha de boas-vindas que foi deixada nos dois quartos do nosso bangalô: “esqueça os problemas de seu trabalho lá no escritório; esqueça os engarrafamentos de trânsito lá nas ruas de sua cidade; esqueça o barulho ensurdecedor das construções lá nas obras do centro e, sim, faça questão de esquecer seu relógio e celular em cima do criado mudo, pois você chegou em Fernando de Noronha e está hospedado na Solar dos Ventos. Sinta-se em casa!

Na mesma cartinha, o hotel se coloca à disposição para lembrar do seu horário de mergulho, dar dicas do melhor pôr do sol, avisar se a maré está cheia ou seca, qual praia pode ser a melhor opção para aquele dia e onde contemplar o azul infinito do mar de Noronha.

O entardecer da Baía do Sueste é encantador (Foto: RoadTrio)

Além disso, em todos os bangalôs têm disponível um “pano de limpeza” para a maior conveniência na hora de limpar o estofamento do buggy, dos sapatos, dos equipamentos de mergulho etc. Esses panos são para uso exclusivo fora dos quartos.

Mas a atenção não para por aí. Durante a nossa viagem, passamos o Dia dos Namorados, 12 de junho, na pousada. Depois de um dia de praia, fomos presenteados com chocolates Cacau Show em formatos de peixes e conchas do fundo do mar. Irresistível!

 

Serviço

Pousada Solar dos Ventos

Site: pousadasolardosventos.com.br

Endereço: Rodovia BR 363, Vila do Sueste, s/n.

E-mail: reservas@pousadasolardosventos.com.br

Telefones: (81) 3619.1347 / (81) 98779.0513 / (81) 98690.0903

Check in: 14h

Check out: 12h

Instagram: @pousadasolardosventosnoronha

WiFi: gratuito

Oferece transfer do aeroporto, kit de praia (toalha, guarda sol e cadeira), café da manhã e chá da tarde.

**O RoadTrio viajou para Fernando de Noronha com a parceria de Noronha Passeios, Pousada Solar dos Ventos, Pousada EcoCharme, Restaurante Mergulhão, Bar do Meio, Pousada Triboju, Pousada Zé Maria, Águas Claras, Noronha Canoe Clube, Trovão dos Mares e Flamboyant Info Noronha.

Sobre o autor

Em 2011, a jornalista morou na Europa, onde foi travel-writer para o Guia Criativo para O Viajante Independente na Europa. De volta ao Brasil, não quer se limitar às paredes de um escritório e fez do seu hobby uma nova profissão.

4 Respostas

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.