Texto escrito pela leitora Flavia Francellino

Não tem como não se apaixonar por este lugar. Generosamente deslumbrante, D.U.M.B.O., no Brooklyn (NY) garante a seus espectadores uma visão de perder o fôlego graças à vista urbana e privilegiada da Big Apple, algo para ninguém botar defeito. Não é à toa que o bairro atrai visitantes que desejam voltar para casa com bons registros. Mas também conta com outros atributos, é claro. Perfeito para andar de bike, bater perna e pensar na vida, não há quem se arrependa de colocar seus pezinhos no famoso bairro cujas ruas são de paralelepípedo. Prepare sua visão – e as palmas – porque o que lhe espera é simplesmente incrível.

| A região

O nome D.U.M.B.O., em NY, na verdade, se trata da abreviação de Down Under the Manhattan Bridge Overpass (algo como ‘abaixo do viaduto da ponte do Brooklyn’). A título de curiosidade, o bairro já foi reduto de artistas lá em meados dos anos 70. Até que com o tempo se tornou alternativa para os fujões da frenética Manhattan – e deu no que deu. Embora mudanças tenham acontecido, a efervescência cultural por lá ainda é grande. Escolha de designers e artistas, é possível encontrar muitas galerias por ali. O ambiente também é cercado de várias lojinhas, livrarias, boutiques e artigos de decoração. A vontade de entrar e xeretar será grande.

| Onde comer

Ir até lá e não experimentar nenhuma das maravilhas do seu vasto leque gastronômico é praticamente um crime. A famosa pizzaria Grimaldi’s está por ali e, com ela, sua conhecida fila e não é à toa, já que se trata de umas das mais tradicionais pizzarias de Nova York. A Jacques Torres Chocolates também atrai fãs – e chocólatras – alucinados.

É ali que se esconde também um dos mais comentados sorvetes, a Brooklyn Ice Cream Factory, que chega a causar comoção em 10 a cada 10 clientes. Bem ao lado, é possível se deliciar com um dos hambúrgueres imperdíveis de Nova York. Estou falando do Shake Shack. Não pense duas vezes, entre e garanta o seu na companhia das famosas batatinhas (que podem ser regadas a queijo). Se couber, vale a pena experimentar o milk shake. O de morango é o meu favorito.

É possível observar o Brooklyn Bridge Park (Foto: Flavia Francellino)

| O que conhecer

Só pela descrição acima, já deu para perceber que motivos não vão faltar para ir até lá. Mas, além dos arredores – e, claro, das opções gastronômicas -, é ali que se encontram um dos maiores ícones de Nova York como a Brooklyn Bridge, Brooklyn Bridge Park e a imponente vista de Manhattan.


LEIA TAMBÉM
Sua viagem: a incrível ilha grega Kefalonia
Sua viagem: de motorhome na Tasmânia
Sua viagem: expedição até a Chapada Diamantina


| Como chegar

Muitos caminhos de levarão até lá, como de barco. Pelo East River Ferry, é possível chegar a região desde que esteja vindo de Williamsburg (outro bairro queridinho). Para quem está em Manhattan, faça uso do MetroCard e parta em direção a Downtown. As estações ‘Clark Street’ (Linhas 2 e 3), ‘Borough Hall’ (linhas 2, 3, 4 e 5), ‘Court Street’ (linha R) e ‘York Street’ (Linha F) podem te levar até lá. Se preferir as linhas A ou C, desça na estação ‘High Street’. O recomendável é ir sem pressa para ir embora – e, se for como eu, não vai querer fazer isso.

2

No fundo da ponte é possível avistar a Manhattan Bridge (Foto: Flavia Francellino)

| A ponte do Brooklyn

Saia do metrô, siga as plaquinhas e já prepare a câmera. A caminhada será curta, mas garanto que também inesquecível.  E vou logo avisando que a estrutura impressiona. A título de curiosidade, a ponte foi construída entre 1869 e 1883, a primeira no mundo a ser suspensa por aço. E, por um tempo, foi a única ligação entre Manhattan e o Brooklyn.

Ao se aproximar da ponte, não esqueça de colocar o headphone e soltar a playlist. Afinal, atravessar a ponte a pé (ou alugar uma bike) não é como um passeio qualquer. É ali que você vai encontrar desde new yorkes cumprindo o exercício físico do dia, até inusitadas apresentações e sessões de foto. Tem de tudo um pouco. Mas, atrações à parte, prossiga a travessia.

Chegue pertinho das grades e espie o que tem logo abaixo: o fluxo de carros que passam farão por merecer seus 5 minutos. Ande mais um pouquinho e se impressione com o que estará bem na sua frente: a vista de Manhattan é de arrepiar.

3

Apresentações de artistas de rua na ponte (Foto: Flavia Francellino)

| Brooklyn Bridge Park

O parque fica às margens do East River, entre a Manhattan e a Brooklyn Bridge. A poucos metros da Brooklyn Bridge, é um cantinho charmoso para quem quer um pouco mais de tranquilidade – embora no verão o lugar tende a ser um pouco mais movimentado. O parque, que é dividido em Pier, 1, Pier 2, Pier 3, Greenway, Pier 4 Beach, Pier 5, Pier 6, Squibb Park Bridge, Main Street, Fulton Ferry Landing, John Street e Empire Fulton Ferry (ufa!), é palco de muitas atrações (como a piscina pop- up no verão).

Entre tantas, uma definitivamente não passa despercebida. Estou falando da Jane’s Carousel, localizado em uma espécie de pavilhão de vidro pertinho da Empire Funton Ferry. Originalmente construído em 1922, no entanto, o carrossel foi inaugurado na região em 2011, após passar por uma reforma que levou quase três décadas até ser concluído por Jane Walentas.

4

Uma das mais belas vistas da Estátua da Liberdade (Foto: Flavia Francellino)

| Espiando Nova York

Como mencionei, o Brooklyn Bridge Park é dono de uma vasta região. E uma delas, para mim, é muito especial. No Granite Prospect (Pier 1), é possível sentar e se impressionar com a skyline da cidade. Seja de dia, seja de noite, é uma visão da qual eu não me canso. O jeito é sentar e admirar e o que está bem diante dos seus olhos. Convido você a babar comigo.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

leitor_autor-flavia-francellino

Sobre o autor

Somos três amigos que compartilham o sonho de conhecer os quatro cantos do mundo. Da vontade de explorar diferentes lugares e da busca constante por novas experiências, surgiu o RoadTrio: um site que reúne informações, dicas e notícias do que não se pode perder por aí e é essencial para qualquer viajante.

2 Respostas

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.